20 Jan 2015

TaxiBot Faz História:O rebocador de despacho TaxiBot acaba de ser certificado oficialmente pela Agência Européia de Segurança da Aviação (EASA, sigla em inglês) para operações em aeronaves Boeing 737.

22 de outubro de 2014 – O Boeing 737 agora está oficialmente certificado a operar com o rebocador de despacho TaxiBot pela Agência Européia de Segurança da Aviação (EASA) e pela Autoridade Israelense de Aviação Civil (CAAI, sigla em inglês).

O Certificado Tipo Acessório (STC, sigla em inglês) foi emitido para as aeronaves Boeing 737 Classic.

O TaxiBot, veículo semi-robótico, controlado pelo piloto, foi desenvolvido para transportar aeronaves da posição de estacionamento no aeroporto até a pista de decolagem e retorno, sem o uso dos motores das aeronaves. A avaliação do TaxiBox em operações comerciais regulares iniciará nas próximas semanas, nos vôos de Boeings 737 da Lufthansa saindo de Frankfurt.

Desde 2009, a TLD e IAI, com a cooperação da Lufthansa LEOS, vêm ambas desenvolvendo o TaxiBot, com o suporte das fabricantes Airbus e Boeing. A Lufthansa LEOS se engajou ao projeto pela iniciativa “E-PORT-AN”, com foco no tratamento da performance dos reboques das aeronaves e no tráfico de solo além dos limites de sustentabilidade ambiental no aeroporto de Frankfurt.

As principais empresas aéreas, empresas de suporte em terra (ground handling), aeroportos e empresas de leasing do mundo inteiro têm mostrado um considerável interesse no TaxiBot. Muitos grupos de trabalho estão estudando ativamente e preparando a introdução do TaxiBot em alguns dos principais hubs na América do Norte, Europa e Ásia.

A aprovação do NTO (No Technical Objection) da Airbus está prevista para breve para as operações de despacho de decolagem dos A320 pelo TaxiBot. As famílias de aeronaves Boeing 737 e Airbus A320 compreendem mais de setenta porcento das operações no mundo, com isso, o potencial de mercado está estimado em várias centenas de unidades somente na primeira década. O retorno do investimento para as empresas aéreas é de menos de dois anos. As negociações com vários clientes em potencial estão avançadas.

O Presidente e CEO da TLD, Jean-Marie FULCONIS disse: “O certificado STC do Boeing 737 é um passo essencial para o programa TaxiBot. O certificado oferece para a indústria da aviação a evidência da realidade da tecnologia de reboque de despacho e seu potencial de economia de milhões de dólares para várias empresas aéreas. Todo o time da TLD está muito orgulhoso dessa realização”.

O presidente e CEO da IAI, Joseph Weiss disse: “A certificação EASA é um grande marco para o programa TaxiBot. Esse sistema inovador criará uma revolução eco-friendly na indústria de aviação comercial e economizará milhões de dólares para as empresas aéreas, empresas de ground handling e aeroportos pelo mundo inteiro. Estamos orgulhosos e honrados por essa conquista”.

A Lufthansa LEOS têm cooperado com o projeto TaxiBot dede sua concepção. “Estamos procurando validar os cálculos de economia do TaxiBot em nossas operações com os Boeing 737 da Lufthansa no aeroporto de Frankfurt”. Disse Gerhard Baumgarten, diretor do programa TaxiBot na Lufthansa LEOS.



TLD © 2019 All rights reserved